top of page
  • Propago Social

Dia Mundial da Infância



O Dia Mundial da Infância é celebrado em 21 de março, data instituída pela UNICEF com o propósito de promover discussões sobre as condições de vida das crianças e de defender seus direitos. A infância é um período marcado por descobertas, aprendizagens, brincadeiras, desenvolvimento cognitivo, motor e emocional. É nela que se estabelecem as bases para a personalidade, caráter, valores e habilidades que serão fundamentais para o resto da vida.


A data incita reflexões sobre temas como saúde, educação, direitos fundamentais e oportunidades para as crianças, que lhes garantam seu desenvolvimento. Além da conscientização, o dia destaca a importância de políticas públicas para melhorar as condições de vida das crianças. De acordo com a pesquisa "As Múltiplas Dimensões da Pobreza na Infância e na Adolescência no Brasil", publicada pela UNICEF, no Brasil, ao menos 32 milhões de meninas e meninos (63% do total) vivem na pobreza, em suas múltiplas dimensões: renda, educação, trabalho infantil, moradia, água, saneamento e informação.



Crianças em uma das dinâmicas da Vivência da Natureza de 2022


O estudo aponta, ainda, que a taxa de analfabetismo dobrou de 2020 para 2022, passando de 1,9% para 3,8% e que, em 2019, mais de 4 milhões de crianças e adolescentes apresentavam alguma privação no direito à educação no Brasil – frequentavam a escola com atraso escolar ou sem estar alfabetizados, ou estavam fora da escola.


A privação de alfabetização impacta diretamente a aprendizagem e a trajetória escolar dos(as) estudantes, afetando principalmente meninos negros e indígenas, das regiões Norte e Nordeste.


“A pobreza na infância e na adolescência vai além da renda. Estar fora da escola, viver em moradias precárias, não ter acesso a água e saneamento, não ter uma alimentação adequada, estar em trabalho infantil e não ter acesso à informação são privações que fazem com que crianças e adolescentes estejam na pobreza multidimensional”, explica Liliana Chopitea, chefe de Políticas Sociais, Monitoramento e Avaliação do UNICEF no Brasil, em comunicado divulgado à imprensa em 14 de fevereiro de 2023.



Garota desenhando e escrevendo na Vivência na Natureza de 2022


O trabalho que o UNO desenvolve com crianças e adolescentes em situação de acolhimento institucional visa endereçar uma das tantas privações a que crianças e adolescentes podem estar expostos. Ao possibilitarmos que os participantes do Programa "Quero Saber…" não façam parte das estatísticas resultantes de pessoas não alfabetizadas no Brasil, abrimos a esses jovens a possibilidade de uma cidadania mais justa e inclusiva.




38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Ó eu aí!

Comments


bottom of page